A fim de deixar a plataforma mais organizada e facilitar e melhorar a experiência do cliente final no momento de compra, há algum tempo o Mercado Livre vem trabalhando com a opção de catálogo em sua plataforma de marketplace.  

Para quem ainda não se atentou à funcionalidade da plataforma, a forma de catálogo é quando o próprio Mercado Livre monta um anúncio e os lojistas podem usar desse anúncio para exibir os seus produtos, ou seja, se o produto for exatamente igual àquele anunciado pelo Mercado Livre, o lojista não precisava subir um anúncio do mesmo produto e fazer todas as configurações, bastava incluí-lo nesse catálogo.  

Inclusive, essa funcionalidade existe hoje, dentro do ANYMARKET, para facilitar o processo de inclusão de catálogo. Imediatamente você passa a descobrir se o seu produto está apto ou não para essa inclusão.  

Entretanto, a partir do dia 23/07, todos os produtos que tiverem anúncios produzidos pelo Mercado Livre, e que estão aptos a entrar, terão um prazo de adequação ao catálogo. Após esse período, caso o lojista não se adeque ao modelo apresentado pelo Mercado Livre, o anúncio será pausado e o lojista não poderá mais vender por ele e nem reativar, até se adequar às regras.  

O marketplace ainda não definiu a data de adequação, porém, acredita-se que pode ser de até sete dias úteis após o pedido feito por eles, mas não se preocupe, o próprio Mercado Livre irá anunciar quando seu produto deverá ser adequado e quanto tempo você terá para isso.  

 

PARA CLIENTES DO ANYMARKET 

Hoje, ANYMARKET tem a funcionalidade que permite a inclusão no catálogo do Mercado Livre, a ferramenta pode ser acessada no próprio painel da ferramenta, conforme imagem abaixo e a partir dela, você verá se o seu produto é elegível ao catálogo ou não. 

Tela do ANYMARKET para Catálogo do Mercado Livre 

 

Caso ele seja elegível, você pode incluir no catálogo correspondente, deixando-o dessa maneira: 

Exemplo de inclusão de catálogo na tela do ANYMARKET

 

Caso não, a ferramenta irá lhe apresentar os produtos que não estão e você precisará fazer as adequações necessárias para que consiga entrar. Assim como mostra a imagem abaixo: 

Exemplo de adequações necessárias

PARA PRODUTOS PERSONALIZADOS E VARIAÇÕES 

Se você vende produtos personalizados, você deverá ficar de olho nos avisos que o Marketplace envia, mas não deve se preocupar muito. Inicialmente, o Mercado Livre pretendo começar com os produtos mais vendidos das categorias mais populares de sua plataforma e depois ir aplicando para outros produtos.  

Obviamente para empresas que possui produtos personalizados, como lembranças de casamento, batismo ou brindes, por exemplo, essa mudança não deve atingi-los a longo prazo. O marketplace tem exceções com relação aos catálogos montados e como serão apresentados. O mesmo acontecerá com produtos de marca própria.  

Já para produtos com variação, caso o Mercado Livre não possua a variação desejada do produto (como no caso de cor, tamanho ou tipo de material), o lojista poderá ligar seu anúncio como variação ao catálogo, passando esse anúncio ser um “produto filho” do produto principal, anunciado no catálogo do marketplace.  

 

FIQUE DE OLHO! 

A partir do dia 23/07 essa medida não será mais opcional e estando o produto com um catálogo pronto pelo Mercado Livre, o produto deverá obrigatoriamente, estar no catálogo, se tornando um anúncio único daquele produto.  

Para quem ainda tem dúvida de como isso poderá funcionar, um bom modelo de inspiração do catálogo são as buy box, onde um único anúncio mostra todos os lojistas disponíveis com seus valores de compra e frete e aquele com melhor qualificação, preço e avaliação do produto é quem acaba saindo na frente dos concorrentes.  

Não deixe que seus produtos sejam pausados e as suas vendas caiam! Revise seus produtos e se adeque a nova medida. 

 

Compartilhe esse artigo: