De acordo com a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, nos próximos 20 anos a população acima de 60 anos chegará a 89 milhões, o que corresponderá a 39,2% da população. Atualmente essa população vem procurando adaptar-se as mudanças da tecnologia, e seus hábitos de consumo acompanham essa constante. Houve um aumento significativo no uso de Smartphones para compras online e o uso de aplicativos corresponde ao canal com maior decisão de escolha. 

Levando em consideração seus hábitos de consumo e escolha, podemos encontrar uma boa oportunidade para captar esses consumidores e trazê-los ao varejo online. A maior parte desses consumidores busca por preços mais competitivos e a facilidade de comprar sem precisar sair de casa. Locais com muitas filas, lojas muito cheias, escadas e degraus tornam-se pontos de atenção na decisão de compra. 

Essa população está passando por um processo de transição entre a decisão de compra física e compra online. Juntamente desse processo são levantados entraves que ainda permeiam e dificultam a aceitação do varejo online como canal de compra. 

Muitos deles ainda não têm muita clareza de quais sites são confiáveis. A segurança da informação, o compartilhamento de dados bancários é um fator determinante na decisão de compra. Programas de fidelidade e programas de pontuações possuem um papel diferencial que incrementam esse processo. 

Portanto, tendo em vista esse processo de transição, como trabalhar essas necessidades e captar essa parcela de público para o varejo online? 

Como atender esse público no varejo online

O objetivo é encontrar soluções para atender esse público. É preciso investir na experiência e usabilidade dos sites e principalmente tornar conhecida as ferramentas que garantem um respaldo e confiabilidade maior no momento da compra. 

A Ebit é uma opção que entrega valor ao lojista e respaldo ao consumidor, ela mede a reputação das lojas virtuais avaliando se são confiáveis. Através de certificações que atestam a reputação dos sites e a disponibilização de selos de credibilidade, que podem ser inseridos na loja virtual, essa ferramenta facilita o processo de decisão dos clientes. Além de fornecer informações de hábitos de consumo e perfis de clientes aos lojistas. 

Temos que entender a importância do Reclame Aqui e é fundamental que ele seja incluído na estratégia do negócio. Todas as informações disponibilizadas são utilizadas pelos clientes como fator de decisão de compra. Atualmente a plataforma possui também premiações com categorias de melhor atendimento no Brasil. 

Portanto, acompanhar a tendência do mercado e utilizar-se de ferramentas que garantam uma boa experiência do usuário, trazendo segurança, transparência e confiabilidade são fundamentais para a sobrevivência no varejo online. Quais serão suas estratégias para atender esses consumidores? 

Sobre a autora

Renata Borges é formada em Administração e Pós Graduada em Gestão da Comunicação Empresarial pela UniCesumar. Faz parte da equipe do ANYMARKET, atuando como Analista de Aderência.

Compartilhe esse artigo:

Comentários

comentarios