intermediador financeiro para e-commerce
Blog

Qual o melhor intermediador financeiro para o e-commerce

6 de julho de 2016 | Nenhum comentário

A forma de pagamento no e-commerce é um dos pontos mais importantes para a credibilidade da loja, confiança do consumidor e, consequentemente, maior número de vendas. Existem três meios de pagamento: gateway, adquirente e o intermediador financeiro para o e-commerce.

Os intermediadores financeiros, indicados para pequenos e médios empreendedores, são responsáveis pela análise de risco e aprovação de vendas com cartão de crédito. Com isso o lojista automatiza todo o processo, sem precisar de convênio com as administradoras.

Com eles o cliente é levado para outro ambiente no momento da compra, onde realizará o cadastro e finalizará o negócio. O varejista precisa pagar uma comissão de vendas para o intermediador, levando mais tempo para a aprovação dos pedidos. Entretanto, existem diversas vantagens que influenciam na escolha por este meio de pagamento.

Principais vantagens do intermediador financeiro para o e-commerce

 

  • Os intermediadores oferecem diversos meios de pagamento, sem a necessidade de contratos burocráticos com bancos e empresas de cartão de crédito a partir de convênios diretos.
  • Os intermediadores financeiros possuem seu próprio sistema antifraude, protegendo a loja de roubos de identidade, cartões de crédito e outros.
  • Todo o procedimento da venda é codificado e criptografado no site do intermediador, garantindo a segurança dos dados do consumidor, o que aumenta a credibilidade de sua loja.
  • A plataforma dos intermediadores permite um gerenciamento fácil das vendas realizadas.
  • Os intermediadores possuem poucas restrições, atendendo a maioria das plataformas.
  • Possibilidade de realizar o checkout transparente, que faz parecer para o consumidor que ele continua no site do e-commerce, diminuindo a taxa de abandono de carrinho.

Com isso em mente, conheça um pouco mais sobre os principais intermediadores financeiros utilizados no Brasil para tomar sua decisão com relação ao seu e-commerce.

Pagseguro

O Pagseguro é um intermediador que pertence ao grupo UOL, o que lhe garante maior credibilidade. Os dados financeiros do cliente não são divulgados para os vendedores e ele tem garantia de desistência de compra e reembolso de acordo com as regras estabelecidas. O pagamento é verificado e enviado para o vendedor somente após análise de fraude. Não há mensalidade ou volume mínimo de transações para contratação. O logista só paga quando vender.

Bcash

Esta solução do Buscapé Company é integrada com a solução de gerenciamento de risco e detecção de fraudes Fcontrol. Para vendedores que optam por utilizar com exclusividade o Bcash, é concedido o benefício de anunciar seus produtos no Buscapé, Bondfaro, QueBarato, dentre outros shoppings virtuais. A integração com FControl é uma sofisticada solução de gerenciamento de risco e detecção de fraudes com garantia estendida.

Paypal

O Paypal é o intermediador de pagamentos mais conhecido internacionalmente, com 94 milhões de contas internacionais. Ele permite envio e recebimento em 24 moedas, de qualquer pessoa que tenha um endereço de e-mail, em 193 diferentes países e regiões.  O processo de adesão é fácil. Seja um site, blog, loja virtual, redes sociais ou até mesmo por e-mail, é possível aderir ao Paypal.

Moip

Possui certificação máxima do PCI DSS (Payment Card Industry Data Security Standard). Dentre suas maiores vantagens está a opção de checkout transparente, permitindo que o pagamento seja feito totalmente na loja virtual, sem mudar de página e sem necessidade de cadastro por parte do cliente. Oferece a opção de compra por um clique para clientes que cadastrarem na primeira compra e salvarem seus dados. O lojista pode antecipar o recebimento dos valores de suas vendas para até 2 dias.

Ao escolher o intermediador financeiro para o e-commerce, fique atento à segurança, transparência, rapidez, taxa de reprovação de vendas e compatibilidade com sua loja virtual.

Compartilhe esse artigo:

<<