alimentos e venda de bebidas pela internet
Blog

Vale a pena investir na venda de bebidas e alimentos pela internet? Saiba mais sobre o nicho!

16 de março de 2022 | Nenhum comentário

A venda de bebidas e alimentos pela internet é uma tendência que vem crescendo a cada dia, mas será que vale a pena apostar na internet para atuar nesse nicho?

É sobre isso que vamos tratar neste artigo em que falamos sobre as características do segmento. Também compartilhamos dicas valiosas, como datas específicas para trabalhar campanhas promocionais e outras informações que vão ajudar a melhorar a sua estratégia e operação de vendas online.

melhorar vendas otimizadas em marketplaces

A demanda pela venda de bebidas e alimentos pela internet

Imagine que é véspera de natal e você ainda precisa fazer a compra do supermercado para a ceia. Chegando lá, parece que todos também deixaram para a véspera.

Você pega produtos, chega no caixa, a fila está grande! Opa, esqueceu o pacote de pão, volta para buscar… volta para a fila. Resultado: 3h nas compras.

Ou então, em qualquer dia comum, você chega em sua casa, abre a geladeira e não tem nada. Está tarde, mas precisa ir às compras. São situações como essas que enfrentamos no nosso dia a dia, e nos fazem pensar:

“Como eu queria resolver isso com um clique!”

A internet está, aos poucos, tornando possível que tudo ao nosso redor possa ser feito por meio de uma tela. E isso significa novas oportunidades de negócio para os sellers.

Para quem quer um restaurante em casa: delivery. Para quem quer um supermercado em casa: marketplaces.

O crescimento do nicho de alimentos e bebidas no e-commerce

venda de bebidas e alimentos pela internet pacote entrega

O e-commerce vem conquistando espaço entre os consumidores que buscam praticidade na hora de fazer as compras. Um dos pontos positivos do comércio eletrônico é a possibilidade de oferecer experiência diferenciada e uma compra mais personalizada e rápida.

Verdade seja dita, o cliente já entendeu que comprar online é prático e conveniente. Esse formato se torna ainda mais atrativo quando o modelo de compra tradicional envolve tempo e paciência. Ficar em filas e enfrentar diversos inconvenientes é algo já esperado em grandes supermercados.

Assim como ocorreu em outros segmentos, a abertura do mercado online para a oferta de alimentos e a venda de bebidas pela internet aconteceu com o empenhod e grandes marcas do setor. 

Podemos citar como exemplo as páginas de e-commerce da rede Pão de Açúcar e do Walmart. Sem falar nas cadeias de restaurantes como Mc Donald’s e o Habib’s que também foram pioneiros em oferecer o formato de venda online.

Venda de bebidas e alimentos pela internet: dados do crescimento

Depois desse movimento, ainda aconteceu um boom nas compras online a partir de 2020, com a pandemia de Covid 19, e o crescimento do nicho passou por uma aceleração. 

De acordo com estudo inédito realizado pela Zmes, em parceria com a Qualibest, em 2021, 56% dos brasileiros afirmaram já comprar bebidas e alimentos pela internet. A pesquisa também revelou a busca por outros produtos de supermercado como itens de limpeza e cuidados pessoais.

Esse interesse do público é confirmado por dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Segundo relatório da entidade, em 2020 o segmento de Alimentos e Bebidas no e-commerce apresentou um crescimento de 150% quando comparado com o ano anterior.

A análise revela que os pedidos on-line em supermercados aumentou 270% no período e os pedidos em aplicativos de entrega teve um acréscimo de 85%. Nesse contexto de aumento da demanda, os marketplaces tiveram um papel essencial ao abrir novos canais de compra e venda online. 

Categorias de produtos mais buscadas pelos consumidores online

Conforme estudo realizado pela empresa de consultoria internacional de varejo Kantar Retail, os tipos de produtos mais procurados pelos consumidores na internet são:

  • Produtos frescos – 0,6% 
  • Bebidas – 0,4% 
  • Alimentos – 1,1% 
  • Lácteos – 1,1% 
  • Alimento para cães/gatos – 2,4% 
  • Limpeza – 9,2% 
  • Cuidados pessoais – 62,3% 
  • Outros: 22,9%

A pesquisa considerou as categorias relacionadas aos supermercados, por isso vemos percentual de busca por produtos de limpeza e cuidado pessoal. Afinal, quem está interessado em fazer a compra do mês online considera a lista de compras para a casa inteira. Essa é uma boa oportunidade de entender o consumidor e aumentar a oferta de produtos.

Dicas para planejar a vendas de bebidas e alimentos no comércio eletrônico 

Nesse movimento de acompanhar a demanda e impulsionar ainda mais a venda de bebidas e alimentos pela internet, diversos marketplaces estão apostando em estratégias para o segmento. 

A Americanas Marketplace, por exemplo, preparou dicas aos sellers que querem ter sucesso vendendo alimentos em canais de venda online. Preparamos um resumo dessas dicas para você, olha só:

Armazenamento: adeque o local de armazenamento dos seus produtos, mantenha-o higienizado, arejado e com temperatura ideal. Esse cuidado garante qualidade aos clientes. 

Entrega: dependendo do tipo de produto e do quão perecível ele é, será importante restringir a entrega por regiões. Também é essencial negociar com prestadores de serviço de transporte de qualidade e especializados em e-commerce.  

Rapidez: sejam perecíveis ou não, os alimentos precisam ser entregues rapidamente ao cliente. É relevante ter um modelo de entrega rápida, neste nicho a agilidade é um grande diferencial para vender online.

Marketplaces: invista em comercializar seus produtos em marketplaces, faça ofertas em multiplos canais. Tenho muito cuidado com a montagem do anúncio para salientar todas as informações do produto. Estabeleça uma relação de confiança com seus clientes.  

5 motivos para aproveitar essa tendência

Para falar sobre o tema, nada melhor do que contar com a experiência que vive o mercado na prática. Marco Zolet, CEO e fundador do Supermercado Now, cita vantagens de atuar no nicho de venda de alimentos e bebidas pela internet, confira: 

  1. Aumento da área de influência da loja
  2. Economia em investimentos em estruturas adicionais, como por exemplo Centros de Distribuição
  3. Redução de custos de distribuição, pela proximidade do consumidor
  4. Aumento do ticket médio
  5. Alta presença de itens frescos, como frutas, legumes e verduras na lista de compras

Leia o artigo completo de Zolet no E-Commerce Brasil.

Melhores marketplaces para potencializar as venda de bebidas e alimentos

No Brasil, há diversos marketplaces que adotaram a venda dos produtos alimentícios e passaram a investir nessa categoria com ações promocionais e recursos para impulsionar a operação dos vendedores.

Entre os canais de vendas mais conhecidos podemos citar apenas como exemplo a Americanas Marketplace, o Mercado Livre e a Amazon.

Grandes grupos varejistas especializados no segmento também já possuem seus próprios markeplaces. Esse é o caso das marcas GPA, Extra e Carrefour.

Para acompanhar esse movimento, constantemente aparecem novos marketplaces lançando a categoria. Por isso, acompanhe a lista do marketplace do seu interesse. A qualquer momento “Alimentos e Bebidas” poderá ser um destaque, como aconteceu no Magazine Luiza quando incorporou o segmento ao seu canal de vendas online:

Observe ainda de que forma o marketplace organiza os tipos de produto para o consumidor. É essencial entender as diferenças dos marketplaces e adequar seu anúncio aos requisitos de cada plataforma. 

Datas sazonais do e-commerce para turbinar as venda de bebidas e alimentos

Se você já atua no e-commerce, sabe que aproveitar eventos promocionais é uma das melhores maneiras de turbinar as vendas em períodos específicos do ano. As datas sazonais e de nicho sempre representam uma excelente oportunidade no comércio eletrônico. 

Preparamos uma lista com algumas sugestões de datas para você planejar campanhas com ações que aumentem a sua conversão em vendas:

  • Dia da Ressaca – 28 de fevereiro
  • Da do Cacau – 26 de março
  • Dia do Café – 14 de abril
  • Dia Mundial do Chocolate – 7 de julho
  • Dia da Pizza – 10 de julho

Esses são apenas alguns exemplos de datas promocionais que você pode explorar no e-commerce de bebidas e alimentos. Quer ter um calendário completo com dicas exclusivas para potencializar o apelo comercial dessas e de outras datas? Baixe gratuitamente!

banner para baixar gratis calendário e-commerce 2022

Conclusão

Esperamos que esse artigo tenha inspirado você, que tenha ajudado a conhecer melhor o mercado de alimento e bebidas online e todo o seu potencial.

Pense sempre na experiência do consumidor. Tendo em mente as necessidades da pessoa que compra bebidas e alimentos da forma tradicional, você será capaz de se destacar e conquistar clientes fiéis.

Compartilhe esse artigo: