Dona de e-commerce realizando a boa gestão de seu estoque virtual
Blog

Estoque virtual: qual a importância de ter uma boa gestão?

6 de maio de 2024 | Nenhum comentário

Dona de e-commerce realizando a boa gestão de seu estoque virtual

Para sellers que buscam crescer vendendo on-line, a capacidade de manter um estoque virtual preciso, atualizado e bem gerenciado deve ser uma prioridade. O recurso pode impactar diretamente os custos logísticos e na experiência do cliente.

Quer saber mais sobre o tema? Neste artigo explicamos como funciona o estoque digital, seus benefícios e os desafios de gestão. Também destacamos os cuidados que você deve tomar para não ter problemas de inventário e garantir o crescimento e a sustentabilidade do negócio.

Descubra como a gestão do estoque virtual pode ser um diferencial competitivo decisivo para buscar a excelência operacional e aumentar o seu rendimento com as vendas em marketplaces.

O que é o estoque virtual

O estoque virtual é uma representação digital do inventário físico do seller. Em outras palavras, representa a quantidade de produtos disponíveis para vender tanto em loja própria como nos marketplaces.

O estoque virtual pode ser gerenciado por um sistema de gerenciamento de inventário (IM) ou por outras ferramentas de apoio, como o hub de integração de marketplaces no caso das vendas multicanal.

Essas plataformas permitem monitorar e controlar o registro e oferta de produtos nos canais de venda. Isso é feito através do cadastro digital da quantidade de produtos em estoque e da localização física dos itens.

Utilizando uma ferramenta de gestão adequada, também é possível trabalhar com a previsão de demanda futura para programar a compra com fornecedores e fábricas. Esse recurso é interessante para evitar a falta de estoque ou o excesso de produtos armazenados sem giro.

Divisão do estoque

De maneira geral, o estoque virtual costuma ser dividido em diferentes categorias, como:

  • Estoque disponível: quantidade de produtos que estão prontos para serem enviados aos clientes.
  • Estoque reservado: número de itens que já foram vendidos, mas ainda não foram enviados ou entregues ao comprador.
  • Estoque em trânsito: quantidade de itens comprados de fornecedores ou fábrica que estão por chegar, mas ainda não foram recebidos ou adicionados ao estoque disponível.

Benefícios e desafios do estoque virtual

Há diversas vantagens de usar um estoque virtual no e-commerce, ajudando a impulsionar o crescimento do negócio. Implementar o sistema digital ajuda a reduzir erros, além de economizar tempo e esforço para colocar foco na gestão estratégica das vendas.

Tudo isso é possível porque uma das principais vantagens do estoque virtual é a automatização de processos e a possibilidade de manter o inventário mais organizado. Com uma visão mais clara dos itens armazenados e a atualização em tempo real, pode-se planejar e reduzir custos.

O uso desse recurso ainda possibilita que a operação seja mais ágil e responsiva às mudanças no mercado, permitindo alterar rapidamente as ofertas de produtos sem correr riscos de ter furo de estoque.

Esses aspectos são especialmente úteis para sellers que vendem em diferentes marketplaces e possuem o desafio de gerenciar a disponibilidade de produtos nesses canais. Aqueles que vendem produtos perecíveis ou que estão sujeitos a mudanças rápidas na demanda também tendem a beneficiar-se desse tipo de controle.

No entanto, essa abordagem também pode apresentar alguns desafios. Por exemplo, se a operação de vendas não estiver integrada e houver falhas de automatização ou na entrada de dados, o que resulta na venda de produtos indisponíveis.

Situações como essa geram uma experiência de compra negativa, a perda de confiança no negócio e a queda na reputação do vendedor. Falaremos mais sobre isso no próximo tópico.

Cuidados que você deve ter ao utilizar estoque virtual

A implementação correta do estoque virtual, com o apoio de uma ferramenta adequada e segura, é imprescindível para evitar problemas logísticos que afetam negativamente o resultado das vendas e a experiência do cliente.

Neste sentido, uma das práticas recomendadas é a definição de níveis mínimos de estoque para cada produto, permitindo a reordenação automática ou notificações quando os níveis estiverem baixos. Desta forma, é possível mitigar erros como o furo de estoque.

Ainda é importante certificar-se de que o sistema de gestão utilizado conta com medidas de segurança para garantir a integridade do estoque, evitando acessos não autorizados e alterações acidentais.

Busque integrar ao máximo a gestão para possibilitar a sincronização das informações e ter acesso a dados e métricas de vendas e comportamento do cliente. Com isso, será possível tomar decisões estratégicas e otimizar a gestão de estoque.

Finalmente, esteja preparado para sazonalidades, ajustando seus processos conforme a necessidade do mercado e dos seus clientes. Antecipe-se a picos de demanda, aumentando o estoque de produtos mais populares e ajustando a logística para garantir entregas rápidas e eficientes.

Com esses e outros cuidados você poderá garantir a precisão e eficiência do seu estoque virtual, proporcionando uma experiência positiva aos clientes e impulsionando as vendas on-line.

Estoque automatizado e centralizado em um integrador de marketplaces

Neste ponto, possivelmente está claro que ter um sistema de gestão é indispensável para manter um estoque virtual. Porém, a escolha equivocada de plataforma pode se transformar em uma grande dor de cabeça para o seller.

Por isso, o ideal é implementar uma ferramenta que tenha uma funcionalidade específica para a gestão desse tipo de estoque. Este é o caso, por exemplo, do hub de integração ANYMARKET.

O integrador desenvolveu um recurso exclusivo para que o seller possa vender a descoberto com controle de inventário on-line. Através do seu painel do hub, é possível criar um estoque digital de produtos que o seller sabe que poderá entregar.

Além do mais, o hub de integração é uma plataforma que permite centralizar e automatizar toda a gestão do negócio em um painel único e inteligente. Esse nível de integração facilita a sincronização de estoque, preços, pedidos e informações em tempo real, proporcionando maior eficiência e controle operacional.

Com a ferramenta, é possível atualizar automaticamente o estoque virtual em todos os canais de vendas, gerando uma visão unificada e atualizada da disponibilidade de produtos e facilitando a tomada de decisões estratégicas e a gestão eficiente do inventário.

A gestão integrada do estoque virtual maximiza a disponibilidade de produtos, reduz custos operacionais e aumenta a eficiência logística. Essa precisão ainda garante uma experiência consistente para os clientes, independentemente de onde a compra for realizada.

Um hub como o ANYMARKET ainda oferece funcionalidades avançadas, como relatórios de desempenho, análise de vendas e insights valiosos para aprimorar a gestão do negócio.

Ainda não conta com o apoio de um integrador robusto e seguro? Entre em contato com um especialista do hub para encontrar a solução de integração ideal para o seu negócio.

Integração com Marketplaces Anymarket

Compartilhe esse artigo: